Por que é difícil perder gordura abdominal

Publicado por FisioFernandes em 28/04/2022 - Nenhum comentário


Por que é difícil perder gordura abdominal

A gordura localizada é um dos maiores desafios para quem busca manter o corpo em forma e com saúde. Além de impactar negativamente a autoestima e a qualidade de vida, essa gordurinha também pode ser prejudicial.

Algumas regiões são mais propensas ao acúmulo de gordura, como braços, glúteos e pernas. Entretanto, a barriga é quase uma unanimidade. Aí surge a seguinte dúvida: “Por que é difícil perder gordura abdominal?”

Confira a seguir como o acúmulo acontece, por que ele é prejudicial e os motivos pelos quais perder gordura localizada é mais complicado.

 

Como acumulamos gordura localizada?

A gordura localizada é resultado do acúmulo de tecido adiposo em determinadas regiões do corpo, causado por falta de atividade física, alimentação desequilibrada e uso de medicamentos.

Mas além desses fatores externos, também devemos levar em consideração os fatores genéticos, como uma predisposição natural a desenvolver essa concentração de gordura em algumas regiões do corpo. Além disso idade, metabolismo, hormônios e fatores biológicos em geral, também colaboram com a gordura localizada.

Entretanto, são as más escolhas alimentares e o sedentarismo que ajudam a um quadro evolutivo ainda maior do problema nessas regiões predispostas.

 

Problemas de saúde por não perder gordura abdominal

O bom funcionamento do nosso organismo depende de práticas saudáveis, como boa alimentação e prática de exercícios regulares.

Dessa forma, além de perder gordura abdominal, também é possível evitar problemas como:

 

Resistência à insulina

Em razão do acúmulo de gordura localizada, o organismo encontra dificuldades para queimar gordura e transformá-la em energia, fazendo com que  o metabolismo comece a ficar mais lento.

Desta forma, a glicose é acumulada na corrente sanguínea, apresentando dificuldade para entrar nas células, o que pode contribuir para o desenvolvimento de diabetes tipo 2.

Por isso é importante rever a alimentação e manter uma vida ativa, a fim de contribuir com a saúde metabólica.

 

Desequilíbrio hormonal

A gordura localizada provoca um desequilíbrio hormonal, acarretando na diminuição dos níveis de testosterona presentes no organismo, o que causa problemas como a falta de ereção em homens.

 

Manifestação de doenças

O acúmulo de gordura também favorece o surgimento de doenças, como: pressão alta, insuficiência hepática e alterações gastrointestinais.

Além disso, também pode provocar outros problemas, como o AVC (acidente vascular cerebral), danos cognitivos e doença arterial coronariana (DAC), fazendo com que o indivíduo comece a ter dificuldades em raciocinar, se comunicar e também em se concentrar. 

Assine nossa newsletter

 

Como perder gordura abdominal 

Apesar dos muitos problemas causados, existem maneiras eficientes de perder gordura abdominal.

O primeiro passo é buscar apoio médico, já que cada indivíduo possui particularidades e distinções. Dessa maneira, os exames guiarão as recomendações. Mas, de maneira geral, podemos seguir algumas boas práticas.

 

Fazer atividade física

O ideal é manter o corpo ativo através de exercícios físicos regulares, evitando assim o sedentarismo.

 

Manter uma alimentação saudável

Alimentos termogênicos e ricos em fibras podem ajudar a eliminar gordura abdominal. Além disso, é importante evitar produtos industrializados para reduzir o consumo de carboidratos e gorduras prejudiciais e, principalmente, diminuir o consumo excessivo de açúcar. Mas, lembre-se de que a orientação de um profissional é primordial.

O processo de reeducação alimentar  pode ajudar a estimular a organização e aumentar o comprometimento, fazendo com que o objetivo seja alcançado.

A dica é  planejar o cardápio do dia seguinte antes de dormir, estabelecer os intervalos entre as refeições e dar prioridade a receitas práticas, assim o indivíduo ficará menos tentado a incluir industrializados em sua rotina.

 

Evitar bebidas alcoólicas

Em algumas ocasiões festivas o ideal é fazer substituições inteligentes, além disso, é importante evitar bebidas alcoólicas. 

 

Apostar em nutracêuticos

Os nutracêuticos são extratos de alimentos altamente nutritivos e biologicamente ativos, com composição que atua não apenas no tratamento de doenças, como também em sua prevenção.

Muitos deles são eficazes na queima de gordura, através de propriedades antioxidantes e diuréticas que ajudam a diminuir o percentual de gordura, facilitando o controle de peso e emagrecimento.

 

Cremes e géis para massagem

Existem no mercado cremes e géis que contribuem para a diminuição de gordura localizada, através do uso diário combinado a massagens que ajudam a liberar toxinas, ativar a circulação sanguínea e modelar a silhueta.

 

Procedimentos estéticos

É possível contar ainda com os tratamentos estéticos, como: cirurgia plástica, criolipólise, endermoterapia, lipocavitação, carboxiterapia e outros procedimentos que são seguros e eficazes.

O ideal é procurar por uma avaliação profissional especializada, a fim de alcançar o seu objetivo de maneira saudável.

 

Artigos Relacionados

 

Não faça dietas sem embasamento científico para perder gordura abdominal

Ainda que muitas pessoas saibam o caminho correto, algumas acabam optando por um atalho ao tentar seguir dietas que prometem milagres.

Algumas dietas não possuem estudos científicos que possam comprovar a sua eficácia, principalmente as dietas da moda e aquelas muito restritivas. Elas podem prejudicar ainda mais a saúde e trazer sérias consequências.

O importante é seguir recomendações médicas e não qualquer dieta.

Quer saber mais ou ficou com alguma dúvida sobre perder gordura abdominal? Deixe seu comentário. Ficaremos felizes em poder ajudar!


0 0 votes
Article Rating
Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments